Arquivo | Comida RSS feed for this section

Passeios gratuitos

9 Abr

Resumo para imprimir com mais de 40 passeios gratuitos em Buenos Aires

CENTRO

-Avenida 9 de Julio-”A mais larga do mundo”.Observar o Obelisco (cruzamento com a Corrientes) e ver a fachada e hall do Teatro Colón (caso não queira pagar pela visita guiada).

-Andar pela Calle Florida para ver apresentações de rua, tangos, bandas e estátuas vivas.

-Entrar na Galerias Pacífico na Calle Florida com Córdoba.

-Visitar a Livraria Ateneu da Santa Fé com Callao.Construída em 1919, foi um teatro, virou cinema e hoje é a livraria mais linda da cidade.

-Caminhar pela Avenida de Mayo: Onde está a Casa Rosada, Plaza da Mayo, Congresso, Cabildo, Catedral Metroplitana.

-Entrar na Catedral Metropolitana.

-Participar da visita à Casa Rosada: visita guiada gratuita.

-Visitar o Museu do bicentenário: atrás da Casa Rosada, entrada gratuita. Passeio obrigatório a arquitetos e a quem se interessar saber um pouco mais sobre história argentina.

-Caminhar pela Avenida Corrientes: Rua dos teatros, com vários cafés, livrarias e sebos.

– Participar de uma visita à Casa de Aguas Corrientes, que já mostrei um pouquinho neste link.

RETIRO

– Visitar a Torre Monumental ou Torre de los ingleses e conhecer o “Centro de Informes de Museos” onde dá pra conseguir muitas dicas de outros passeios grátis.

LA BOCA

-Visitar o Caminito no bairro La Boca

– Conhecer a Fundación Casa Proa.

– Tirar fotos da paisagem do Riachuelo.

-Visitar Museo del Cine Pablo Ducrós Hicken, com entrada gratuita às quartas-feiras.

PUERTO MADERO

-Caminhar nos calçadões do Puerto Madero e cruzar a Puente de la Mujer do arquiteto espanhol Calatrava.

– Visitar o Museu do Humor. Entrada gratuita segundas, terças e quartas.

-Caminhar pela Reserva Ecológica.

PALERMO

-Passear pelos bosques de Palermo. Conhecer o Rosedal, Planetário e Jardin Botánico.

-Visitar o entorno da Plaza Serrano e a feirinha de Palermo. Ir em um fim de tarde, conhecer as lojinhas do bairro e depois tomar algo na praça.

– Assistir a uma corrida de cavalos no Hipódromo Argentino del Palermo.

RECOLETA

– Conhecer o Centro cultural Recoleta. Sempre tem alguma exposição ou evento.

-Entrar Shopping de design. Para quem gosta de design e decoração, vale ir mesmo que seja só para olhar.

-Entrar na Iglesia del Pilar.

-Passear pelo Cemitério da Recoleta. Além do túmulo da Evita– que na verdade não é muito interessante– tem muita arte e história no lugar.

-Participar de uma visita guiada à Biblioteca Nacional, que já falei um pouquinho aqui.

-Caminhar pela Avenida Libertador. No trecho da Recoleta está a Milla de los Museus, a Floralis Generica Faculdade de Direito.

-Andar pela Avenida Alvear para ver a arquitetura. A avenida “mais luxuosa”de Buenos Aires, onde estão palácios do academicismo francês, construídos de 1880 a 1920.

-Ver as exposições do Palais de Glace.Martes a viernes de 12 a 20 hs. Sábados e domingos de 10 a 20 hs. Visitas guiadas gratuitas Sábados: 17 e 18 hs. Endereço Posadas 1725 o Av. del Libertador 1248 (embaixo da praça da Recoleta).

-Conhecer o acervo do Museu de Bellas Artes. Terça a sexta de 12.30 a 20.30 hs. Sábados e Domingos de 9.30 a 20.30 hs.Avda. Libertador 1473.Recoleta.

SAN TELMO

– Passear pela Feira na Calle Defensa em San Telmo aos domingos. Vai da Avenida Irogoyen ao Parque Lezama.

-Para um pouquinho na Plaza Dorrego, na calle Defensa com Humberto I , onde há muita arte e antiguidades para ver.

BELGRANO

– Passear pelo Barrio Chino en Belgrano.

– Visitar a Cidade Universitária, que já apresentei neste post aqui.

– Passear pelo Parque de La Memoria. Entrada gratuita todos os dias.

-Aulas de Tango na Cúpula da Praça Barrancas em Belgrano.

CABALLITO

-Passear pelo Mercado del Progreso em Caballito.

PROVÍNCIA-TIGRE

– Fazer um passeio ao Tigre, na grande Buenos Aires. É possível pegar um trem na estação do Retiro. A cidade é banhada por rio, tem além de uma paisagem impressionante, também o Puerto de frutos.

PROVÍNCIA-ZONA OESTE

-Ir a cidades na Zona Oeste da Grande Buenos Aires, com acesso em trem pela linha Sarmiento, que saem da estação once, na Plaza Miserere. Morón tem uma Catedral enorme e um centro comercial típico de cidade pequena. Castelar é uma cidade linda, super residencial, com casinhas alpinas, calçadas verdes e praças. Tem a avenida Santa Rosa, com ótimos restaurantes, barzinhos e lojas de roupas.

PROVÍNCIA-QUILMES

-Visitar Quilmes. Escrevi um pouco sobre a cidade aqui.

PROVÍNCIA-LA PLATA

-Conhecer La Plata, capital da província de Buenos Aires. Lá está a casa Curuchet de Le Corbusier, o Museu de História Natural, e o Estádio Único. Há ônibus comuns que saem da estação do Retiro.

PASSEIOS POR TODA A CIDADE

-Visitas guiadas teatralizadas. Ver detalhes no site do governo.

-Empréstimo de bicicletas gratuito (inclusive para turistas).Ver detalhes na página Mejor en bici.

Anúncios

Onde comprar alfajores

30 Jan

Já tinha falado sobre alfajores baratos neste link aqui.

É possível encontrá-los por um bom preço nos supermercados, mas por valores ainda melhores em lojas atacadistas de doces.

Na avenida Pueyrredón há várias dessas. Na esquina na altura do número 900 há uma grande e, andando no sentido Av. Rivadavia (para onde a numeração diminui), há outras menores.

Curiosidades porteñas: Comidas

23 Dez
  • Em 2006 uma deputada apresentou um projeto de lei para incluir a rotineira milanesa a la napolitana (que seria nosso bife à milanesa à parmegiana) ao patrimonio cultural portenho.
  • Em Buenos Aires há uma sobremesa famosa conhecida como “postre vigilante” que é muito similar ao Romeu e Julieta. É feita com queijo Mar del Plata com doce de batata doce ou de marmelo). A origem de seu nome é relacionada a uma cantina de Palermo Viejo, onde em 1920 foi frequentemente visitada por agentes de um posto de polícia da região.
  • Um prato típico da cidade são os Sorrentinos, uma espécie de Ravioles grandes. O nome vem de Sorrento, mas não pela cidade italiana, e sim relativo ao restaurante italiano com este nome localizado na Avenida Corrientes, 668, no microcentro.
  • A pizza fuggazza con queso (que é pizza convencional de queijo com cebola e não tem relação com a nossa fogazza), é muito apreciada pelos portenhos. Foi criada em 1932 na pizzaria de Juan Banchero en La Boca. Hoje o prato continua sendo referência no local e a empresa tem três filiais em Caballito, Balvanera e San Nicolás. A pizzaria foi declarada sitio de interés cultural em 2002 pelo governo da cidade.
  • Aqui é comum acompanhar as pizzas com a fainá, que é uma massa assada a base de farinha de grão de bico, que se coloca abaixo da pizza.
  • O estômago da vaca se chama mondongo em referencia a uma comunidade de escravos que viviam no bairro de Montserrat e que consumiam o descarte da carne dos matadeiros no século XIX.

Peña del Colorado

25 Nov

As peñas criollas são casas de dança com apelo folclórico que geralmente oferecem espetáculos de música, pistas de baile,  bebidas e comidas típicas. Existem várias em Buenos Aires.

A Peña del Colorado é um restaurante com música tradicional argentina ao vivo,  aberto todos os dias em Palermo.

No local é oferecido um cardápio com comidas criollas de ótima qualidade e a preços bem honestos.

As apresentações são variadas, cada dia um artista. Nos dias que fui presenciei espetáculos lindíssimos.

Deixo como exemplo um vídeo com uma das músicas folklóricas que mais gosto:

Comidas que não tem por aqui e seus substitutos

20 Nov

  Requeijão e Catupiry 

Na Argentina não existe requeijão e catupiry. Por mais estranho que pareça, aqui ninguém nem sabe o que é.

O que os substitui é o CasanCrem. Uma pasta similar à uma colhada, sendo levemente salgada, que pode ser degustada com pão ou como base de inúmeras receitas.

É muito comum que seja citado como ingrediente de patês, doces e tortas.

Couve 

É desconhecida em terras portenhas, o que dificulta a elaboração de uma boa feijoada por aqui.

Quem  salva os brasileiros saudosos de seu prato típico é a acelga, que refogada se assemelha muito à couve, apesar de ser mais amarga.

Pão de queijo

Aqui há o chipá, um pão de queijo encontrado nos restaurantes típicos do Norte da Argentina.

Pastel

Não é novidade que o pastel de argentino é a empanada. 

Guaraná

Dizem que já tentaram introduzir o refrigerante de guaraná na Argentina, mas não vingou.

O que é  típico no país é o refrigerante de Pomelo, produzido na mesma escala que o Guaraná no Brasil.

Pavê

A versão argentina do pavê é a chocotorta. Uma sobremesa clássica feita com as bolachas chocolinas embebidas em café recheadas com doce de leite misturado com o Casancrem.

Filmes Cult

Dicas de filmes cult e afins espalhados por aí.

Rios & Ruas

Instituto Harmonia - Sustentabilidade

Buenos Aires econômica

Como conhecer a cidade sem gastar muito/ sugestões de passeios menos óbvios/ relatos sobre cultura local.

AnsiaMente

Sobre irritações e inquietudes

Mochila Cult

Confira o blog Mochila Cult e acompanhe dicas legais de viagens e aventuras!!

Dicas Interessantes

idéias interessantes para pessoas inteligentes

Pick Up The Fork

A Serious Eater's Guide to Buenos Aires and Beyond

Aires Buenos

Dicas de turismo de Buenos Aires para brasileiros

Blog dos nossos passeios

As imagens de nossas viagens e encontros

estudio lampada

Diseño sustentable latinoamericano

Infinita Buenos Ayres

toda la info sobre la reina del plata

ver para crear

blog de diseño gráfico, web y mucho más...

Veganismo

"Doctrina en la cual el hombre vive sin explotar a los demás animales." D. Watson

Grupo Metrópole Fluvial

Grupo de Pesquisa em Projeto de Arquitetura de Infraestruturas Urbanas Fluviais – FAU USP

Dora Brasil Arquitetura

Nosso Propósito é Valorizar a Vida!

Arquitetura Contemporânea

Just another WordPress.com site

AS Miceli

Facultad de Arquitectura, Diseño y Urbanismo - Universidad de Buenos Aires

Faneroscopio

Blog de Diseño y Arquitectura