Tag Archives: arquitetura

O modernista Simon Bolivar

9 Jul

Há pouco tempo descobri onde quero morar “quando crescer”: Num conjunto habitacional modernista chamado Simon Bolivar, localizado ao lado do Parque Chacabuco, no barrio homônimo  de Buenos Aires.

O empreendimento, inaugurado em 1953, teve o arquiteto Héctor Fariña Rice como autor do projeto, e consiste num conjunto de 6 edifícios de 10 e 12 andares, que totalizam 676 apartamentos de 3 e 4 ambientes.

Os prédios estão dispostos de tal maneira que no centro do quarteirão formam uma praça comum, arborizada e com equipamentos para as crianças.

O lugar é extremamente tranquilo, está próximo a metrôs e tem o parque Chacabuco, que eu já tinha apresentado neste post, bem pertinho.

Recomendo uma visitinha aos arquitetos, e demais interessados no assunto, que tenham um tempinho extra na cidade.

IMG_0744 IMG_0725 IMG_0731 IMG_0733 IMG_0734 IMG_0735 IMG_0737 IMG_0738

Anúncios

Parque Chacabuco em Caballito

1 Jun

Caballito é um bairro conhecido por oferecer muita qualidade de vida aos seus residentes. Localizado no centro geométrico de Buenos Aires, está a menos de 6 km de qualquer ponto da cidade.

É um bairro predominantemente residencial e que dispõe de parques, áreas comerciais e estações de metrô. Destaca-se por ser um dos poucos bairros de classe média que ainda não foi totalmente verticalizado e que tem algumas ruas onde predominam casas e sobrados.

Um dos melhores lugares para se passear nesta zona é o parque Chacabuco. Um espaço público pouco conhecido pelos turistas, mas muito aproveitado pelos moradores da região.

IMG_0761

A variedade de atividades  disponível no local faz com que seja atraído para lá um público eclético todos os dias da semana.

IMG_0770 IMG_0769 IMG_0768 IMG_0757

Sua infraestrutura está composta por uma piscina aquecida coberta, uma piscina ao ar livre ( aberta apenas durante o verão), pista de atletismo, lanchonete, parquinho infantil, quadras, entre outros.

O uso da piscina aquecida tem um custo de 5 pesos e é livre para qualquer interessado. A piscina nunca está muito cheia de gente e em média é possível dividir a raia com apenas uma pessoa. O público em geral são adultos que vão ao local para praticar natação.

IMG_0771 IMG_0775 IMG_0759 IMG_0776

Pelo centro do parque passa uma avenida elevada, que não prejudica em nada a área de lazer. Ao contrário, a estrutura da avenida é aproveitada para abrigar a piscina e a lanchonete, deixando os veículos passarem despercebidos acima do parque.

IMG_0751 IMG_0755

Considero como uma solução arquitetônica muito interessante, por resolver a problemática das barreiras urbanas causadas por este tipo de edificação, e por proporcionar uma economia de recursos na construção dos equipamentos do parque.

Passeios gratuitos

9 Abr

Resumo para imprimir com mais de 40 passeios gratuitos em Buenos Aires

CENTRO

-Avenida 9 de Julio-”A mais larga do mundo”.Observar o Obelisco (cruzamento com a Corrientes) e ver a fachada e hall do Teatro Colón (caso não queira pagar pela visita guiada).

-Andar pela Calle Florida para ver apresentações de rua, tangos, bandas e estátuas vivas.

-Entrar na Galerias Pacífico na Calle Florida com Córdoba.

-Visitar a Livraria Ateneu da Santa Fé com Callao.Construída em 1919, foi um teatro, virou cinema e hoje é a livraria mais linda da cidade.

-Caminhar pela Avenida de Mayo: Onde está a Casa Rosada, Plaza da Mayo, Congresso, Cabildo, Catedral Metroplitana.

-Entrar na Catedral Metropolitana.

-Participar da visita à Casa Rosada: visita guiada gratuita.

-Visitar o Museu do bicentenário: atrás da Casa Rosada, entrada gratuita. Passeio obrigatório a arquitetos e a quem se interessar saber um pouco mais sobre história argentina.

-Caminhar pela Avenida Corrientes: Rua dos teatros, com vários cafés, livrarias e sebos.

– Participar de uma visita à Casa de Aguas Corrientes, que já mostrei um pouquinho neste link.

RETIRO

– Visitar a Torre Monumental ou Torre de los ingleses e conhecer o “Centro de Informes de Museos” onde dá pra conseguir muitas dicas de outros passeios grátis.

LA BOCA

-Visitar o Caminito no bairro La Boca

– Conhecer a Fundación Casa Proa.

– Tirar fotos da paisagem do Riachuelo.

-Visitar Museo del Cine Pablo Ducrós Hicken, com entrada gratuita às quartas-feiras.

PUERTO MADERO

-Caminhar nos calçadões do Puerto Madero e cruzar a Puente de la Mujer do arquiteto espanhol Calatrava.

– Visitar o Museu do Humor. Entrada gratuita segundas, terças e quartas.

-Caminhar pela Reserva Ecológica.

PALERMO

-Passear pelos bosques de Palermo. Conhecer o Rosedal, Planetário e Jardin Botánico.

-Visitar o entorno da Plaza Serrano e a feirinha de Palermo. Ir em um fim de tarde, conhecer as lojinhas do bairro e depois tomar algo na praça.

– Assistir a uma corrida de cavalos no Hipódromo Argentino del Palermo.

RECOLETA

– Conhecer o Centro cultural Recoleta. Sempre tem alguma exposição ou evento.

-Entrar Shopping de design. Para quem gosta de design e decoração, vale ir mesmo que seja só para olhar.

-Entrar na Iglesia del Pilar.

-Passear pelo Cemitério da Recoleta. Além do túmulo da Evita– que na verdade não é muito interessante– tem muita arte e história no lugar.

-Participar de uma visita guiada à Biblioteca Nacional, que já falei um pouquinho aqui.

-Caminhar pela Avenida Libertador. No trecho da Recoleta está a Milla de los Museus, a Floralis Generica Faculdade de Direito.

-Andar pela Avenida Alvear para ver a arquitetura. A avenida “mais luxuosa”de Buenos Aires, onde estão palácios do academicismo francês, construídos de 1880 a 1920.

-Ver as exposições do Palais de Glace.Martes a viernes de 12 a 20 hs. Sábados e domingos de 10 a 20 hs. Visitas guiadas gratuitas Sábados: 17 e 18 hs. Endereço Posadas 1725 o Av. del Libertador 1248 (embaixo da praça da Recoleta).

-Conhecer o acervo do Museu de Bellas Artes. Terça a sexta de 12.30 a 20.30 hs. Sábados e Domingos de 9.30 a 20.30 hs.Avda. Libertador 1473.Recoleta.

SAN TELMO

– Passear pela Feira na Calle Defensa em San Telmo aos domingos. Vai da Avenida Irogoyen ao Parque Lezama.

-Para um pouquinho na Plaza Dorrego, na calle Defensa com Humberto I , onde há muita arte e antiguidades para ver.

BELGRANO

– Passear pelo Barrio Chino en Belgrano.

– Visitar a Cidade Universitária, que já apresentei neste post aqui.

– Passear pelo Parque de La Memoria. Entrada gratuita todos os dias.

-Aulas de Tango na Cúpula da Praça Barrancas em Belgrano.

CABALLITO

-Passear pelo Mercado del Progreso em Caballito.

PROVÍNCIA-TIGRE

– Fazer um passeio ao Tigre, na grande Buenos Aires. É possível pegar um trem na estação do Retiro. A cidade é banhada por rio, tem além de uma paisagem impressionante, também o Puerto de frutos.

PROVÍNCIA-ZONA OESTE

-Ir a cidades na Zona Oeste da Grande Buenos Aires, com acesso em trem pela linha Sarmiento, que saem da estação once, na Plaza Miserere. Morón tem uma Catedral enorme e um centro comercial típico de cidade pequena. Castelar é uma cidade linda, super residencial, com casinhas alpinas, calçadas verdes e praças. Tem a avenida Santa Rosa, com ótimos restaurantes, barzinhos e lojas de roupas.

PROVÍNCIA-QUILMES

-Visitar Quilmes. Escrevi um pouco sobre a cidade aqui.

PROVÍNCIA-LA PLATA

-Conhecer La Plata, capital da província de Buenos Aires. Lá está a casa Curuchet de Le Corbusier, o Museu de História Natural, e o Estádio Único. Há ônibus comuns que saem da estação do Retiro.

PASSEIOS POR TODA A CIDADE

-Visitas guiadas teatralizadas. Ver detalhes no site do governo.

-Empréstimo de bicicletas gratuito (inclusive para turistas).Ver detalhes na página Mejor en bici.

Los discapacitados

4 Abr

 

60Participei de alguns projetos em São Paulo que envolviam adaptações arquitetônicas para melhorar a acessibilidade a edificações. Na maioria deles sugiram grandes discussões a respeito de qual deve ser a maneira adequada para se referir ao público alvo destas reformas.

Nestes casos a  palavra “deficiente”, ainda muito corrente no Brasil, foi sempre descartada, por ser considerada discriminatória e incompleta, já que entende-se que ela não pode ser atribuída a muitos usuários, e um projeto de acessibilidade tem que prever condições de mobilidade universal a todos os cidadãos, envolvendo por exemplo cegos, grávidas, idosos e cadeirantes.

Na maioria das vezes a denominação aceita foi o termo “pessoas com necessidades especiais”, que além de ser uma expressão mais abrangente, também está livre de possíveis interpretações preconceituosas geradas por outras nomenclaturas como aleijado, defeituoso, inválido e mesmo, deficiente.

Logo que comecei a trabalhar como arquiteta em Buenos Aires me deparei com um projeto onde estava previsto um banheiro para discapacitados. Na época achei que fosse um erro causado por algum projetista desinformado e tive esperanças de que alguém corrigisse o grave engano a tempo, mas não foi o que aconteceu.

A partir de então comecei a ver essa expressão por todos os lados, e percebi que é uma denominação corrente na América do Sul.

Ainda hoje sempre que vejo sinalização de acessibilidade universal por aqui me assusto e sinto uma carga de segregação mais forte que a gerada por qualquer outra expressão que tenha ouvido em português. Mas percebi que eu não sou a única pessoa incomodada com a palavra.

Em minha última passagem pelo aeroporto presenciei um mini escândalo de uma brasileira que passava pela fila preferencial e gritava em portunhol: “Usted está jogando en mi cara que yo soy una inválida?”.

Ninguém entendeu nada, mas tenho certeza que a reação desta moça foi por não ter se identificado com a palavra “discapacitada”.

Arquitetura portenha: Três museus em edifícios contemporâneos

3 Fev

MACBA

Há menos de meio ano foi inaugurado em San Telmo o museu de arte contemporâneo  MACBA.

A entidade caracteriza-se por ser um ambiente de reflexão e  acesso a distintas tendências da arte contemporânea e é especificamente dedicado à abstração geométrica, que é o tema que marca sua exposição.

O edifício foi concebido pelo reconhecido escritório portenho Vila Sebastián Arquitectos, que conta um pouco sobre o  projeto em um vídeo neste link.

MACBA 2 - Super-contemporaneo-dominado-vidrio-MACBA_CLAIMA20120901_0121_14

FUNDACIÓN PROA

Poucos percebem, mas vizinho ao Caminito há outro atrativo turístico que vale ser visitado.

Instalada em um edifício que contrasta com a paisagem colorida do entorno, está a Fundação Proa, que é um espaço cultural dedicado a difusão de grandes movimentos artísticos do século XX.

Na página do Clarin é possível ver dados, desenhos e fotos do edifício. Clicando neste link

1312483606fotos278 information-new-building-images-the-building-photo-4

MALBA

malba

O projeto original do melhor edifício de arquitetura contemporânea de Buenos Aires foi resultado de um concurso internacional que teve como jurados Norman Foster, César Pelli e Mario Botta.

O estúdio de  arquitetos cordobeses composto por Gastón Atelman, Martín Fourcade e Alfredo Tapia (AFT) foi o vencedor da competição e  responsabilizou-se por sua concepção com supervisão do experiente escritório argentino MSGSSS.

Recentemente, após o museu receber o Prêmio Década, um reconhecimento pela qualidade de seu projeto outorgado pela bienal internacional de arquitetura, foi  anunciado que seu espaço será ampliado.

A notícia causou polêmica porque acredita-se que o prédio perderá seu estilo sóbrio e moderno com a reforma.

Além disso, a crítica local questiona se as mudanças não deveriam ser comandadas por um escritório argentino,visto que a responsabilidade está nas mãos do uruguaio Carlos Ott.

No Clarin também estão disponíveis informações sobre o Malba, neste link.

Filmes Cult

Dicas de filmes cult e afins espalhados por aí.

Rios & Ruas

Instituto Harmonia - Sustentabilidade

Buenos Aires econômica

Como conhecer a cidade sem gastar muito/ sugestões de passeios menos óbvios/ relatos sobre cultura local.

AnsiaMente

Sobre irritações e inquietudes

Mochila Cult

Confira o blog Mochila Cult e acompanhe dicas legais de viagens e aventuras!!

Dicas Interessantes

idéias interessantes para pessoas inteligentes

Pick Up The Fork

A Serious Eater's Guide to Buenos Aires and Beyond

Aires Buenos

Dicas de turismo de Buenos Aires para brasileiros

Blog dos nossos passeios

As imagens de nossas viagens e encontros

estudio lampada

Diseño sustentable latinoamericano

Infinita Buenos Ayres

toda la info sobre la reina del plata

ver para crear

blog de diseño gráfico, web y mucho más...

Veganismo

"Doctrina en la cual el hombre vive sin explotar a los demás animales." D. Watson

Grupo Metrópole Fluvial

Grupo de Pesquisa em Projeto de Arquitetura de Infraestruturas Urbanas Fluviais – FAU USP

Dora Brasil Arquitetura

Nosso Propósito é Valorizar a Vida!

Arquitetura Contemporânea

Just another WordPress.com site

AS Miceli

Facultad de Arquitectura, Diseño y Urbanismo - Universidad de Buenos Aires

Faneroscopio

Blog de Diseño y Arquitectura