Tag Archives: comida

Passeios gratuitos

9 Abr

Resumo para imprimir com mais de 40 passeios gratuitos em Buenos Aires

CENTRO

-Avenida 9 de Julio-”A mais larga do mundo”.Observar o Obelisco (cruzamento com a Corrientes) e ver a fachada e hall do Teatro Colón (caso não queira pagar pela visita guiada).

-Andar pela Calle Florida para ver apresentações de rua, tangos, bandas e estátuas vivas.

-Entrar na Galerias Pacífico na Calle Florida com Córdoba.

-Visitar a Livraria Ateneu da Santa Fé com Callao.Construída em 1919, foi um teatro, virou cinema e hoje é a livraria mais linda da cidade.

-Caminhar pela Avenida de Mayo: Onde está a Casa Rosada, Plaza da Mayo, Congresso, Cabildo, Catedral Metroplitana.

-Entrar na Catedral Metropolitana.

-Participar da visita à Casa Rosada: visita guiada gratuita.

-Visitar o Museu do bicentenário: atrás da Casa Rosada, entrada gratuita. Passeio obrigatório a arquitetos e a quem se interessar saber um pouco mais sobre história argentina.

-Caminhar pela Avenida Corrientes: Rua dos teatros, com vários cafés, livrarias e sebos.

– Participar de uma visita à Casa de Aguas Corrientes, que já mostrei um pouquinho neste link.

RETIRO

– Visitar a Torre Monumental ou Torre de los ingleses e conhecer o “Centro de Informes de Museos” onde dá pra conseguir muitas dicas de outros passeios grátis.

LA BOCA

-Visitar o Caminito no bairro La Boca

– Conhecer a Fundación Casa Proa.

– Tirar fotos da paisagem do Riachuelo.

-Visitar Museo del Cine Pablo Ducrós Hicken, com entrada gratuita às quartas-feiras.

PUERTO MADERO

-Caminhar nos calçadões do Puerto Madero e cruzar a Puente de la Mujer do arquiteto espanhol Calatrava.

– Visitar o Museu do Humor. Entrada gratuita segundas, terças e quartas.

-Caminhar pela Reserva Ecológica.

PALERMO

-Passear pelos bosques de Palermo. Conhecer o Rosedal, Planetário e Jardin Botánico.

-Visitar o entorno da Plaza Serrano e a feirinha de Palermo. Ir em um fim de tarde, conhecer as lojinhas do bairro e depois tomar algo na praça.

– Assistir a uma corrida de cavalos no Hipódromo Argentino del Palermo.

RECOLETA

– Conhecer o Centro cultural Recoleta. Sempre tem alguma exposição ou evento.

-Entrar Shopping de design. Para quem gosta de design e decoração, vale ir mesmo que seja só para olhar.

-Entrar na Iglesia del Pilar.

-Passear pelo Cemitério da Recoleta. Além do túmulo da Evita– que na verdade não é muito interessante– tem muita arte e história no lugar.

-Participar de uma visita guiada à Biblioteca Nacional, que já falei um pouquinho aqui.

-Caminhar pela Avenida Libertador. No trecho da Recoleta está a Milla de los Museus, a Floralis Generica Faculdade de Direito.

-Andar pela Avenida Alvear para ver a arquitetura. A avenida “mais luxuosa”de Buenos Aires, onde estão palácios do academicismo francês, construídos de 1880 a 1920.

-Ver as exposições do Palais de Glace.Martes a viernes de 12 a 20 hs. Sábados e domingos de 10 a 20 hs. Visitas guiadas gratuitas Sábados: 17 e 18 hs. Endereço Posadas 1725 o Av. del Libertador 1248 (embaixo da praça da Recoleta).

-Conhecer o acervo do Museu de Bellas Artes. Terça a sexta de 12.30 a 20.30 hs. Sábados e Domingos de 9.30 a 20.30 hs.Avda. Libertador 1473.Recoleta.

SAN TELMO

– Passear pela Feira na Calle Defensa em San Telmo aos domingos. Vai da Avenida Irogoyen ao Parque Lezama.

-Para um pouquinho na Plaza Dorrego, na calle Defensa com Humberto I , onde há muita arte e antiguidades para ver.

BELGRANO

– Passear pelo Barrio Chino en Belgrano.

– Visitar a Cidade Universitária, que já apresentei neste post aqui.

– Passear pelo Parque de La Memoria. Entrada gratuita todos os dias.

-Aulas de Tango na Cúpula da Praça Barrancas em Belgrano.

CABALLITO

-Passear pelo Mercado del Progreso em Caballito.

PROVÍNCIA-TIGRE

– Fazer um passeio ao Tigre, na grande Buenos Aires. É possível pegar um trem na estação do Retiro. A cidade é banhada por rio, tem além de uma paisagem impressionante, também o Puerto de frutos.

PROVÍNCIA-ZONA OESTE

-Ir a cidades na Zona Oeste da Grande Buenos Aires, com acesso em trem pela linha Sarmiento, que saem da estação once, na Plaza Miserere. Morón tem uma Catedral enorme e um centro comercial típico de cidade pequena. Castelar é uma cidade linda, super residencial, com casinhas alpinas, calçadas verdes e praças. Tem a avenida Santa Rosa, com ótimos restaurantes, barzinhos e lojas de roupas.

PROVÍNCIA-QUILMES

-Visitar Quilmes. Escrevi um pouco sobre a cidade aqui.

PROVÍNCIA-LA PLATA

-Conhecer La Plata, capital da província de Buenos Aires. Lá está a casa Curuchet de Le Corbusier, o Museu de História Natural, e o Estádio Único. Há ônibus comuns que saem da estação do Retiro.

PASSEIOS POR TODA A CIDADE

-Visitas guiadas teatralizadas. Ver detalhes no site do governo.

-Empréstimo de bicicletas gratuito (inclusive para turistas).Ver detalhes na página Mejor en bici.

Mercado de Maschwitz

21 Jan


O lugar mais fofinho que já visitei em Buenos Aires, e que ainda não é muito conhecido nem pelos portenhos, é o Mercado de  Maschwitz.

IMG_0544

Localiza-se em Ingeniero Maschwitz, na grande Buenos Aires, ao norte da capital.

IMG_0531

Todo  construído com janelas, portas, chapas e madeira de demolição,  faz lembrar o Caminito de la Boca, mas com menor apelo turístico e com público essencialmente local.

IMG_0500

O lugar é repleto de lojinhas de arte, cafés e restaurantes.

IMG_0512 IMG_0524 IMG_0514 IMG_0537 IMG_0561 IMG_0502 IMG_0542

IMG_0554

Onde comemos serviam o vinho na jarra “pinguino”, que me disseram já ter sido um clássico nas mesas dos argentinos em outros tempos.

IMG_0505

O endereço é Mendoza 1731, Ingeniero Maschwitz.

Para ir em ônibus: ruta 9 km 43.5, o 60 semi rápido ou el 194 com ar condicionado e wifi.

Nós fomos de ônibus, caminhamos em torno de 20 min e encontramos facilmente o lugar.

Para ir de carro: Panamericana ramal Escobar. sair em Del Viso Ruta 26, km 43,5 ( Petrobras). Dobrar a la direita, tomando colectora Este  sentido Capital. No primeiro semáforo dobrar a esquerda na Av. Mendoza. A esquerda está o Mercado de Maschwitz.

Comidas que não tem por aqui e seus substitutos

20 Nov

  Requeijão e Catupiry 

Na Argentina não existe requeijão e catupiry. Por mais estranho que pareça, aqui ninguém nem sabe o que é.

O que os substitui é o CasanCrem. Uma pasta similar à uma colhada, sendo levemente salgada, que pode ser degustada com pão ou como base de inúmeras receitas.

É muito comum que seja citado como ingrediente de patês, doces e tortas.

Couve 

É desconhecida em terras portenhas, o que dificulta a elaboração de uma boa feijoada por aqui.

Quem  salva os brasileiros saudosos de seu prato típico é a acelga, que refogada se assemelha muito à couve, apesar de ser mais amarga.

Pão de queijo

Aqui há o chipá, um pão de queijo encontrado nos restaurantes típicos do Norte da Argentina.

Pastel

Não é novidade que o pastel de argentino é a empanada. 

Guaraná

Dizem que já tentaram introduzir o refrigerante de guaraná na Argentina, mas não vingou.

O que é  típico no país é o refrigerante de Pomelo, produzido na mesma escala que o Guaraná no Brasil.

Pavê

A versão argentina do pavê é a chocotorta. Uma sobremesa clássica feita com as bolachas chocolinas embebidas em café recheadas com doce de leite misturado com o Casancrem.

As 4 refeições do dia por 6 pesos

19 Nov

Uma estatística divulgada pelo INDEC (Instituto Nacional de Estatísticas e Censos) anunciou que na Argentina uma pessoa pode fazer suas quatro refeições diárias com um valor total de 6 pesos.

Não preciso dizer que a polêmica foi instalada no país e diversas piadas surgiram relativas ao dado.

Um jornal fez uma pesquisa entre seus leitores para saber o que haviam podido comer com os seis pesos do dia.

Entre as respostas apresentadas se destacaram os menus com pombas cordobesas e arroz, água de chuva, uma fatia de queijo com grama, uma refeição da Aerolíneas e a melhor de todas, 3 notas de 2 pesos.

O Carrefour, aliado do governo, com a intenção de minimizar as brincadeiras, também elaborou uma proposta de cardápio,  onde sugeria ser possível viver com o tal orçamento oficial.

A tal quantia de seis pesos me trouxe à lembrança uma das pizzarias mais famosas da cidade, o Ugi`s. Lá não é possível se alimentar durante todo o dia com este valor, mas é possível  sim realizar uma refeição por 5,50 pesos.

Espalhado por toda a cidade, caracteriza-se por suas lojas padronizadas e simples, e pelo serviço extremamente econômico.

Como sugere a foto,  eles não  disponibilizam copos para os refrigerantes, apenas canudinhos (sorbetes), e cobram um peso pela caixa da pizza.

Aos que se animam a ir ao Ugi`s, recomendo que levem seus tupperwares ou comam a pizza no próprio local, aproveitando a chance de que os guardanapos são fornecidos gratuitamente.

 

Feria Masticar: mega evento de gastronomia

15 Out

A Feria Masticar (traduz-se por Feira Mastigar) pretende apresentar os produtos alimentícios argentinos e seus costumes culinários.

Se destina a  conscientizar sobre o valor da comida caseira e dos produtos frescos de estação.

Será conduzida por profissionais renomados da Argentina nos dias 16, 17 e 18 de novembro.

A entrada custa 30 pesos, crianças com menos de 10 anos entra gratuitamente.

Filmes Cult

Dicas de filmes cult e afins espalhados por aí.

Rios & Ruas

Instituto Harmonia - Sustentabilidade

Buenos Aires econômica

Como conhecer a cidade sem gastar muito/ sugestões de passeios menos óbvios/ relatos sobre cultura local.

AnsiaMente

Sobre irritações e inquietudes

Mochila Cult

Confira o blog Mochila Cult e acompanhe dicas legais de viagens e aventuras!!

Dicas Interessantes

idéias interessantes para pessoas inteligentes

Pick Up The Fork

A Serious Eater's Guide to Buenos Aires and Beyond

Aires Buenos

Dicas de turismo de Buenos Aires para brasileiros

Blog dos nossos passeios

As imagens de nossas viagens e encontros

estudio lampada

Diseño sustentable latinoamericano

Infinita Buenos Ayres

toda la info sobre la reina del plata

ver para crear

blog de diseño gráfico, web y mucho más...

Veganismo

"Doctrina en la cual el hombre vive sin explotar a los demás animales." D. Watson

Grupo Metrópole Fluvial

Grupo de Pesquisa em Projeto de Arquitetura de Infraestruturas Urbanas Fluviais – FAU USP

Dora Brasil Arquitetura

Arquitetura l Sustentabilidade l Segurança

Arquitetura Contemporânea

Just another WordPress.com site

AS Miceli

Facultad de Arquitectura, Diseño y Urbanismo - Universidad de Buenos Aires

Faneroscopio

Blog de Diseño y Arquitectura