Como transformar pedras em esmeraldas

23 Out

Todo mundo sabe que argentinos gostam de ser destaque nas estatísticas.  E é provavelmente por isso que a  Nove de Julho virou um ponto turístico, já que é considerada uma das avenidas mais largas que existem. Não entendo porque não dão tamanha importância à  Rivadavia, que é uma via com muito mais atributos para alimentar o orgulho porteño.

Tal avenida é  uma das mais longas do mundo, com mais de 27km de comprimento. Corta toda a cidade de Buenos Aires, cruzando 106 semáforos, 10 bairros, se estendendo pela província, passando por mais oito cidades. Em todo seu percurso se encontram 83 linhas de ônibus, 11 das 16 estações da Linha A  do metrô, interseções com as linhas D e H e  com o trem da Linea  Sarmiento.

Ela tem índices suficientes para se justificar como um ícone porteño, com peculiaridades que vão além dos números.

Se conforma como uma barreira imaginária que divide a Buenos Aires rica da Buenos Aires carente, a Buenos Aires européia da miscigenada, o Sul do Norte, os imóveis caros dos econômicos.

É o eixo leste-oeste de referência para a numeração de ruas.  Quase todas as ruas perpendiculares a seu corpo tem sua numeração zerada nela.E a consequência disso é que de cada lado da avenida a maioria das travessas têm nomes diferentes. A Entre Rios vira Maipu, a Peru vira Florida, a Piedras vira Esmeralda.

É um lugar singular, que permite a qualquer porteño se vangloriar de ter a avenida com mais particularidades e a piada argentina mais engraçada do planeta:

Cómo convertir piedras en esmeralda? Cruzá Rivadavia!

3 Respostas to “Como transformar pedras em esmeraldas”

  1. Juliana Nélia 24/11/2012 às 9:16 pm #

    Que legal seu blog e esse seu texto em particular, Marci!
    Não tinha entrado para ler ainda, estou lendo todos os posts, agora. Realmente, muito úteis as informações e mais práticas que os outros blogs ou sites com dicas de viagem. Parabens! Saudades, beijão.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Transporte ao aeroporto Ezeiza « Buenos Aires econômica - 13/11/2012

    […] línea 8) : vai por toda a Rivadavia. Ônibus urbano comum. A viagem, sem trânsito, dura duas horas em média, porque o ônibus não […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Filmes Cult

Dicas de filmes cult e afins espalhados por aí.

Rios & Ruas

Instituto Harmonia - Sustentabilidade

Buenos Aires econômica

Como conhecer a cidade sem gastar muito/ sugestões de passeios menos óbvios/ relatos sobre cultura local.

AnsiaMente

Sobre irritações e inquietudes

Mochila Cult

Confira o blog Mochila Cult e acompanhe dicas legais de viagens e aventuras!!

Dicas Interessantes

idéias interessantes para pessoas inteligentes

Pick Up The Fork

A Serious Eater's Guide to Buenos Aires and Beyond

Aires Buenos

Dicas de turismo de Buenos Aires para brasileiros

Blog dos nossos passeios

As imagens de nossas viagens e encontros

estudio lampada

Diseño sustentable latinoamericano

Infinita Buenos Ayres

toda la info sobre la reina del plata

ver para crear

blog de diseño gráfico, web y mucho más...

Veganismo

"Doctrina en la cual el hombre vive sin explotar a los demás animales." D. Watson

Grupo Metrópole Fluvial

Grupo de Pesquisa em Projeto de Arquitetura de Infraestruturas Urbanas Fluviais – FAU USP

Dora Brasil Arquitetura

Arquitetura l Sustentabilidade l Segurança

Arquitetura Contemporânea

Just another WordPress.com site

AS Miceli

Facultad de Arquitectura, Diseño y Urbanismo - Universidad de Buenos Aires

Faneroscopio

Blog de Diseño y Arquitectura

%d bloggers like this: